Arquivo da tag: viagem

Panamá: um canal e o país ao redor

Por: Alessandro Filizzola
Relatos de viagem / fotos com o celular – mobiligrafia

O Canal

Quando se fala em Panamá, deve ter gente até que se esquece que, mais do que um atalho entre o Atlântico e o Pacífico, Panamá é um país. Mais que isso, acredito que poucos saibam que a capital desse país se chama Cidade do Panamá. Panamá é a palavra chave, mas é quase certo que a primeira coisa que vem à mente associada a ela seja o Canal, e depois, talvez um chapéu. Então, vamos começar logo pelo que interessa: o Canal do Panamá.

Este famoso canal que liga o Atlântico e o Pacífico, cortando pelo meio do Continente Americano, foi construído entre 1880 e 1914, mas a rota por entre este estreito no continente já era conhecida pelos nativos desde de tempos pré hispânicos. A construção foi iniciada pelos Franceses, que pegaram a pedreira; e depois pelos Norte Americanos, que erradicaram a febre amarela, promoveram a independência da Colômbia, e em troca ocuparam e tomaram posse de tudo até 1999, quando o controle do Canal passou aos panamenhos. 

Continuar lendo Panamá: um canal e o país ao redor
Anúncios

As Pérolas da (Isla) Contadora

Relato de viagem / Mobiligrafia: Isla Contadora / Panamá

Por: Alessandro Filizzola

A Isla Contadora é uma pequena ilha Panamenha situada no lado do Pacífico. O mar, de águas transparentes e sem ondas, tem diferentes tons que se mesclam em matizes de verde e azul. Outra coisa que chama a atenção são os toques surreais do lugar. A pista de pouso fica ao lado da rua e em meio às casas. Há veados e outros animais soltos vagando em meio a um hotel e casarões abandonados e um ferry boat encalhado na praia. Isto tudo junto faz com que o visitante evoque sentimentos fortes, erradicados no fundo de nossas mentes e aprendidos durante os anos de sofá em frente à televisão. Quem já viu algum destes programs, sabe do que eu estou falando. As emoções vão desde os antigos episódios da Ilha da Fantasia e documentários da National Geographic, até os mais recentes Lost e Walking Dead, passando pela Twilight Zone de Além da Imaginação, é claro.

Pra chegar lá são cerca de 1.5h de Catamarã (U$90 pela Ferry Pearl Islands) saindo da Cidade do Panamá – fique atento, durante o caminho cruzamos com centenas de golfinhos que nos seguiram por uma parte do caminho. Traga o seu passaporte, pois eles vão pedir pra ver assim que desembarcar. A moeda corrente é o dólar americano. Alguns lugares aceitam cartão, mas não há banco na ilha, então, levar dinheiro trocado é uma boa. A melhor época do ano pra visitar e pegar tempo bom é de Dezembro a Março: no resto do ano chove muito e corre-se o risco de não dar praia.

A ilha é basicamente dividida em duas: uma de acesso público (praias Larga, Executiva, Cacique e Suecas – que é nudista), e uma outra com acesso restrito e privado às mansões e condomínios. Pra ter uma ideia do tamanho, é possível dar uma caminhada completa desde a chegada na Playa Larga, dando a volta pelo circuito das praias públicas, e retornando ao ponto de partida (que já representa metade da ilha) em uns 40 minutos…

Continuar lendo As Pérolas da (Isla) Contadora

Portrait: Carol / Brazil

The World Around in a Nutshell.
London Photo Tour.
Photo: Alessandro Filizzola.

 

 

.

 

Portrait: Sunny / Korea

The World Around in a Nutshell.
The Kitchen Portraits.
Photo: Alessandro Filizzola.

 

 

.

 

Stonehenge Summer Solstice

Dawn at Stonehenge Circle during the Druida celebration of the longest day of the year. Thursday, 21/06/2018, 4:52am. Salisbury / United Kingdom.

Photos: Alessandro Filizzola

 

Street Portrait: Chun Yu / Taiwan

Street Portrait – Photo Essay
Model: Chun Yu / Taiwan
Photo: Alessandro Filizzola

 

 

.

 

Portrait: Yasemin / Turkey

The World Around in a Nutshell.
The Kitchen Portraits.
Photo: Alessandro Filizzola.

 

 

.

 

Portrait: Francesco / Italy

The World Around in a Nutshell.
Photo: Alessandro Filizzola

 

 

 

 

Portrait: Fábio / Brazil

The World Around in a Nutshell.
Photo: Alessandro Filizzola

 

Portrait: Daline / Brazil

The World Around in a Nutshell.
Photo: Alessandro Filizzola

 

Portrait: Elliot / United Kingdom

Shaolin Temple – London
Photo: Alessandro Filizzola.

 

 

Portrait: Canan / Turkey

The World Around in a Nutshell.
The Kitchen Portraits.
Photo: Alessandro Filizzola.

 

Continuar lendo Portrait: Canan / Turkey

Portrait: Art / Kosovo

The World Around in a Nutshell.
The Kitchen Portraits.
Photo: Alessandro Filizzola.

 

Portrait: Letícia / Brazil

The World Around in a Nutshell.
Photo: Alessandro Filizzola

 

Portrait: Leo / Brazil

The world around in a nutshell.
Photo: Alessandro Filizzola

 

Portrait: Azat / Kazakhstan

The world around in a nutshell.
Photo: Alessandro Filizzola

London Photo Tour: Mari & Family

A Family Photo Tour with the joyful Mari and her family shooting pictures for a remarkable family album of their trip to London.

 

London Photo Tour: Lara by the Afternoon

 

Roteiro de viagem: Peru e Bolívia

.

Já faz dois anos que voltamos dessa aventura e muita coisa ficou na memória.

O roteiro foi sendo alterado ao sabor das greves, interrupções de estradas e ferrovias,  e alguns feriados. Viagem para quem gosta de aventura e não se abala com as adversidades. As belezas naturais encontradas foram inigualáveis, muita beleza também na arte e arquitetura dos lugares, sabores os mais variados, dos muito simples aos mais sofisticados, e muita gente fascinante pelo caminho. Alguns filhos da puta também. Muitas histórias para contar.

Continuar lendo Roteiro de viagem: Peru e Bolívia

ESTRADA REAL PARTE V – Tudo é Jazz em Ouro Preto

Estrada Real Parte V - Ouro Preto / MG
Estrada Real Parte V – Ouro Preto

vista-cartão postal do centro de ouro preto
vista de um dos cartões postais de Ouro Preto

No fim de semana entre os dias 18 e 20 de setembro de 2009, ocorreu em Ouro Preto/MG a 8º edição do festival Tudo é Jazz, contando com a participação de grandes artistas nacionais e internacionais. Ouro Preto fica a + ou – 100km de BH e a estrada repleta de curvas pelas montanhas está com o asfalto em bom estado. Acostamento é coisa rara, mas é uma ótima oportunidade pra ir tranqüilo curtindo a vista, o clima e as cidadezinhas do interior mineiro que vão se sucedendo pelo caminho.

Continuar lendo ESTRADA REAL PARTE V – Tudo é Jazz em Ouro Preto

ESTRADA REAL PARTE I – CARRANCAS / MG

mosaico roteiro carrancas

Para ver o álbum de fotos com outras imagens deste roteiro,
clique nos links:

Álbum de fotos:

Estrada Real Parte I – Carrancas

&

Outras fotos do roteiro: Congonhas, SJD’Rei e Tiradentes

———

 . mapa bh - carrancas mg - alefilizzola Clique aqui para ver no Google Maps este mapa em detalhes. .

Partindo de Belo Horizonte, são aproximadamente 250 km indo pela BR 040 e passando por São João Del Rei (SJDR). O asfalto é bom na maior parte do caminho, exigindo muita atenção apenas nos 30 km entre SJDR e Itutinga, pois está repleto de crateras muito profundas e que chegam a atravessar toda a pista. No mais, está tranqüilo. Na volta, resolvemos evitar a “buraqueira” e conhecer um novo percurso que tem praticamente a mesma distância. Desviamos rumo a Nazareno, Bom Sucesso e pegamos a 381 seguindo até BH. Há também um caminho alternativo, seguindo pela Fernão Dias e passando por Lavras. Esse eu não vi como está, mas me disseram que o trecho entre Lavras e Itutinga está tão ruim como o entre SJDR e Itutinga.

Eu preferi sair de BH pela BR040, pois o objetivo era muito maior do que simplesmente chegar a Carrancas, era ir curtindo o caminho também. Sendo assim, saímos com o dia raiando de BH e só fomos chegar à pousada já no fim do dia.

Parodiando um pouco uma frase que recebi estes dias num e-mail enviado por uma amiga e atribuída a Chamalú, um índio quéchua:

Declaro-me vivo! A chegada não importa, o caminho e a meta são a mesma coisa. Não precisamos correr para lugar algum, apenas rodar cada quilômetro com plena consciência.

Continuar lendo ESTRADA REAL PARTE I – CARRANCAS / MG

3Bs e 1P (Belém, Palmas, Brasília e Belo Horizonte)

 
mapa-belem-palmas-bh2

Entre os dias 5 e 8 de março de 2009, percorri, a partir de Belém, o caminho de volta para Belo Horizonte, com uma diferença do percurso que fiz em janeiro: ao invés de seguir direto pela Belém-Brasília, fiz o desvio passando por Palmas/TO e cruzando a Chapada dos Veadeiros. Posso dizer, sem sombra de dúvidas, que este itinerário é bem melhor e mais agradável.
  Continuar lendo 3Bs e 1P (Belém, Palmas, Brasília e Belo Horizonte)