Arquivo da tag: Sabará

4×4 desaparecidas – relato de trilha

.

Sábado, dia 06 de agosto de 2011

Texto: Norival
Fotos: Alessandro e Marcelo
Vídeo e edição: Cirilo
Trilhas: Desaparecidas, Morro da Arvrinha Seca, Perdidas, Descida do Rio, Corcovas, Maria do Carmo e Antena

  Continuar lendo 4×4 desaparecidas – relato de trilha

Anúncios

4×4 trilhas Melancia e Eguinha Pocotó – Sabará/Raposos-MG

.

Relato de trilha acontecida sábado, dia 04 de junho de 2011

Por volta de 09:30 / 09:40 já estávamos saindo em direção aos túneis para acessar a Melancia subindo.

Ficamos sabendo que alguns colegas fizeram a trilha numa noturna na 5ª e que estava tranqüila com pequena dificuldade apenas no final, mas, o que vimos é que todo o acesso dos tuneis até a parte da subida mais difícil (passando pela Quiabo, Adutora etc) está um tapete, toda patrolada recentemente.

Já estava meio sem graça de tanto andar em estradão até que passamos o córrego para iniciar a subida com um pouco mais de dificuldade.

Nota: aquilo ali vai ficar “o bicho” depois que chover. É trilha pro dia inteiro.

Continuar lendo 4×4 trilhas Melancia e Eguinha Pocotó – Sabará/Raposos-MG

CATAS ALTAS / MG – Festa do Vinho de Jabuticaba – Estrada Real parte II

Anoitecer em Catas Altas / MG

A partir de BH, Catas Altas está a aproximadamente 120 km. Há pelo menos 3 caminhos para se escolher. O primeiro, em mais obvio, indo pela 381 / 262, direção a Itabira – João Monlevade – Espírito Santo. É o caminho direto, mas a estrada é cheia de curvas perigosas, trânsito pesado e muitos acidentes. Outro é indo por Ouro Preto – Mariana. Igualmente cheio de curvas, porém com o trafego um pouco mais leve e com a vantagem de perpassar estas cidades históricas e somá-las aos lugares visitados na Estrada Real. Ele tem uns 40 km a mais, só que parece bem agradável. A terceira opção (a que eu escolhi) passa por Sabará, Caeté e Barão de Cocais. São cento e poucos km seguindo por estradas estreitas zigzagueando pelas montanhas, sem acostamento e com uns 30 km de estrada de terra no final. Muito agradável e pitoresco.

Continuar lendo CATAS ALTAS / MG – Festa do Vinho de Jabuticaba – Estrada Real parte II