Logística Reversa, Meio Ambiente e Produtividade


 

download da resenha Logística Reversa Meio Ambiente e Produtividade em PDF

Resenha feita sobre o original: Mueller, Carla Fernanda. Logística Reversa meio ambiente e produtividade. Estudos Realizados. Grupo de Estudos Logísticos. Universidade Federal de Santa Catarina, 2005. Artigo consultado entre agosto e setembro de 2011 e disponível em: http://www.empresaresponsavel.com/aulas/logistica_texto_meioambiente.pdf

O artigo estudado trata de forma sucinta do que consiste a Logística Reversa. Das razões para praticá-la, dos principais fluxos de retorno dos produtos ao fabricante e a sua possível destinação e reaproveitamento dentro dos processos industriais e de mercado.

Há uma tendência de que, cada vez mais, as empresas se responsabilizem por seus produtos mesmo depois de vendidos. Esta responsabilidade estende-se até o final do ciclo de vida dos artigos produzidos, incluindo o descarte adequado, as garantias, devoluções e o reaproveitamento e reciclagem de materiais.

As razões para que isto ocorra são muitas. Há a conscientização e conseqüente exigência por parte dos consumidores por praticas mais sustentáveis de produção; as exigências legais de proteção ambiental definidas pelo poder público; direitos do consumidor; a minimização de contaminações provenientes de materiais tóxicos ou perigosos; recolhimento de refugos e sobras de produção; proteção das margens de lucro; aumento de competitividade dos produtores.

Utiliza-se para a logística reversa praticamente a mesma estrutura empregada pela logística convencional, porém com um grau de incerteza bastante alto sobre o controle das previsões de demanda e qualidade dos artigos retornados. Há também uma carência de sistemas informatizados que integrem a logística reversa ao fluxo normal de distribuição da logística convencional, levando muitas empresas a optarem pela terceirização deste serviço.

O texto traz informações de fácil acesso que são dispostas de maneira bastante simples e pode ser um bom ponto de partida para os interessados nesse assunto.

Fluxograma Logística Reversa de Pós-venda:

(Fonte: Leite Consutorias / *Cadeia Logística de Pós-consumo, apud Mueller 2005, fig. 2)

  

Resumo de operações de recuperação de produtos
.
 
Opções de PRM Nível de Desmontagem
.
Exigências de Qualidade Produto Resultante
Reparo Produto Restaurar o produto plenamente 
.
Partes reparadas ou substituídas 
Renovação Módulo Inspecionar e atualizar os módulos 
.
Módulos reparados ou substituídos 
Remanufatura Parte Inspecionar e atualizaras partes  Partes usadas em novosprodutos 
Canibalização Recuperação Seletiva de partes  Depende do uso emoutras opções de PRM (Product RecoveryManagement)  Partes reutilizadas ou descartadas para reciclagem 
Reciclagem Material Depende do uso em remanufatura  Materiais para novos produtos 
Fonte: Mueller, 2005, Tabela 1.   

.

 

Anúncios

3 comentários em “Logística Reversa, Meio Ambiente e Produtividade”

    1. Este é exatamente um dos grandes desafios, pois não há como estabelecer isto com precisão como na linha de produção convencional.

      Há empresas que estão se empenhando em estimular o retorno através de campanhas pontuais. Desta forma é possível concentrar recursos durante períodos específicos. No mais, o aprimoramento das leis de proteção ambiental e de responsabilidade sobre a destinação final dos produtos também tem incentivando investimentos e a participação da população, mas tudo é muito incerto.

      Imagino que com a implantação dos processos de logística reversa, em médio prazo, seja possível para cada empresa estabelecer previsões de fluxos médios a partir de projeções estatísticas com base no estudo dos registros e médias históricas.

      Sem dúvida este é um novo ramo e ele se comporta diferentemente da equação produtiva tradicional. Há muito que ser estudado e aprimorado para o seu melhor aproveitamento. E com tantos desafios, uma das poucas certezas é de que esta prática irá se tornar cada vez mais presente seja por demanda social, imposição legal ou escassez de matéria prima. Aos que conseguirem responder satisfatoriamente a estas suas perguntas, descortina-se um novo e promissor horizonte a ser explorado.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s