alefilizzola.com

design, sustentabilidade e estratégia informacional

Resenha do livro: Administração de Sistemas de Informação

.
Resenha sobre o primeiro capítulo do livro:
Administração de Sistemas de Informação – Uma Abordagem Interativa
dos autores: José Osvaldo de Sordi e Manuel Meireles

Trabalho apresentado à disciplina Introdução à Gestão da Informação, do curso de Gestão Estratégica da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais – Escola de Ciência da Informação, como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Gestão Estratégica da Informação.

Professor: Jorge Tadeu de Ramos Neves

PDF – resenha do livro administração de sistemas de informação

ou,   se preferir, abra o restante desta matéria para ler a resenha aqui mesmo:

Apresentação e opinião

Para a realização desta resenha foi considerada a leitura do Captulo I, entre os itens 1.1 e 1.5.4, do livro Administração de Sistemas de Informação, Meireles e Sordi, Editora Saraiva, 2010.

 Os autores definem a obra como um estudo de cunho técnico-científico destinado ao ensino de pós-graduação. A publicação possui encartado um CD ROM como material didático complementar tendo vistas a facilitar o processo de ensino-aprendizagem. O software de apoio contém simuladores para análise de faturamento por períodos de tempo, por região geográfica, e referente aos representantes de vendas <www.datasul.com.br/alianca-academica>.

 A partir da definição do que são dados e informação, e do posicionamento da Teoria Geral dos Sistemas – TGS como algo complexo e abrangente, compreendendo não só os assuntos internos das organizações, mas também todo o ambiente que as envolvem – comparando-o aos sistemas em organismos vivos – o texto propõe esclarecer quanto ao uso e aos impactos das alternativas presentes nos sistemas de informação para negócios, e ajudar a superar as dificuldades comumente encontradas no entendimento e manuseio de softwares de gestão informacional. As Tecnologias da Informação (TIs) – enquanto meios de processamento, armazenamento e transporte de dados no formato digital – são tratadas como commodity (Car, 2003), uma vez que estas tem sofrido uma inversão de valores, sendo cada vez mais barato o custo para implantação de softwares e hardwares, tornando-os acessíveis a praticamente todas as empresas, e evidenciados e valorizados os recursos humanos capazes de geri-los. O conhecimento tornou-se o verdadeiro diferencial no mercado.

 Como muitas das obras sobre o assunto, o texto parece um tanto prolixo e demasiadamente acadêmico. Por um lado, tudo bem, pois ele se propõe, de certa forma, a isso mesmo. Mas por outro, talvez esteja na hora dos autores deixarem de se justificar tanto para exporem suas idéias e passarem a se concentrar mais na fluência do que escrevem, com objetividade, leveza e didática mais apurada. A impressão que se tem (exagerando um bom tanto pra gerar contraste) é que a falta de consenso quanto às bases conceituais impedem o amadurecimento mais dinâmico da área. Rabugice a parte, pode-se considerar como inovadora a intenção de pautar o livro com um software para a prática da teoria. E, embora a obra não tenha sido avaliada além da introdução, parece valer a pena a sua leitura, e “pagar pra ver”.

Referências Bibliográficas

 SORDI, José Osvaldo de; e MEIRELES, Manuel. Administração de Sistemas de Informação. Editora Saraiva, 2010, p. 1-15.

 CAR, Nicholas. Artigo: It doesn´t matter. 2003.

About these ads

Sobre alefilizzola

MBA em Gestão do Ambiente e Sustentabilidade pela FGV, Pós-graduado em Gestão Estratégica da Informação pela UFMG, graduado em Criação e Produção Publicitária pela FAZ/PA – tendo sido premiado como o melhor aluno da faculdade -, e também com formação em Design Gráfico pela UEMG, trabalha desde 1992 com projetos de comunicação. Designer de atuação ampla, possui em sua bagagem estudos de aperfeiçoamento em Programação Neurolingüística, ilustração, animação, fotografia, processos de comunicação e vendas, edição digital, planejamento de mídia, formulação de projetos culturais e leis de incentivo à cultura, dentre outros.

2 comentários em “Resenha do livro: Administração de Sistemas de Informação

  1. john
    11 de outubro de 2012

    pode ate mesmo parecer bobo o comentario mas eu acredito que as pessoas tem que ter seu trabalho reconhecido e ele me ajudou em um outro texto entao obrigado por postara resenha

    • alefilizzola
      11 de outubro de 2012

      Obrigado, John! É muito bom receber esse seu retorno e saber que ajudei de alguma forma.
      Na época em que fiz essa resenha, estava com um pouco de overdose do assunto e cansado de alguns temas que se repetiam em praticamente todas as publicações e acrescentando quase nada de novo. Mas um tempo depois revisitei este livro com mais calma e, apesar de ainda achar válida esta primeira resenha, há muita informação boa que se aproveitar ao longo dessa obra.
      Abraço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Estatísticas do Site

  • 95,924 hits
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 474 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: